15, julho, 2016

Sirigado com crosta de rapadura ou camarões flambados? Frutos do mar no Misaki Restaurante

CAMARÃO KOFUNSHITA MISAKICamarões em molho reduzido à base de espumante e alho poró, acompanhado de arroz de amêndoas… Se só de ler já dá água na boca, imagina provando de verdade essa delícia. Hoje, a dica para esse finalzinho de semana que está só no começo é mais uma rodada pelas maravilhas no cardápio do Misaki Restaurante.

Não faz muito tempo, nós conferimos o novo menu de pratos mais saudáveis e funcionais que eles lançaram para o almoço. Mas, como a regra aqui é sempre indicar as boas experiências que já tivemos por aí, então pode pegar caneta e papel, porque tem mais. Muito mais! Embora seja bastante lembrado quando o assunto é comida japonesa em Fortaleza, o Misaki também é uma ótima opção para quem gosta de frutos do mar, por exemplo. E é daí que vêm nossas dicas para esta sexta.

De entrada, o ceviche pescado, marinado de peixe branco e salmão com morango. Entre os pratos principais, além da opção que indicamos logo no comecinho deste texto, o camarão kofunshita (camarões em molho reduzido à base de espumante e alho poró, acompanhado de arroz de amêndoas), outra boa sugestão para quem curte o crustáceo é o camarão nagai, que traz camarões flambados em conhaque e pimenta rosa, acompanhado de risoto de tomate seco. Falando em risoto, vale conferir o feito exclusivamente com arroz arbóreo “al dente” com camarão, polvo e lula.

Ainda na linha de frutos do mar, outra sugestão é o sirigado com crosta de rapadura e risoto de queijo brie. Isso sem contar nas lagostas, claro. De sobremesa, o petit gateau de laranja ou a torta de maçã, sorvete de canela e mousse maltine na casquinha de chocolate são uma boa. Vale provar cada uma.

Serviço
Misaki

Avenida Desembargador Moreira, 1031 – Jardins Open Mall – Aldeota
Horário: Segunda a domingo, das 11h30 até o último cliente.
Contato: (85) 3433-1050

Colunistas

Ver tudo
22 de fevereiro de 2020

Como cuidar da saúde no carnaval, evitar a ressaca e mais

Autor: Raquel Pessoa

28 de novembro de 2019

As “cervezas” dos “hermanos”: cenário e cervejas na Argentina

Autor: Samuel Magalhães (@SamCervas)

css.php